Sampaoli é do Galo! Com novas propostas e garantias Atlético convence o treinador

Chegou ao fim a novela Sampaoli no Atlético. Após uma primeira investida frustrada, ainda antes do início do ano quando o clube tinha no planejamento uma temporada diferente das últimas, finalmente a diretoria atleticana conseguiu convencer o treinador a comandar o alvinegro.

A primeira negociação, em meados de dezembro e janeiro falhou, com o Atlético e seus investidores esbarrando na alta pedida do treinador para aceitar o contrato. Especulou-se que Sampaoli fez exigências em termos de salários, premiações e reforços que estavam além do possível para o clube que recuou e acabou acertando com o plano B, o técnico Rafael Dudamel.

Foi daí para frente que o projeto Sampaoli voltaria à tona nos bastidores atleticanos. Depois de um começo de temporada para esquecer com Dudamel no comando o Galo se viu em uma sinuca de bico. O projeto do técnico venezuelano, trazido para implantar um novo conceito de futebol não encaixou e o Atlético se viu eliminado em menos de um mês de duas competições importantes para a temporada, a Copa Sul Americana e a Copa do Brasil, ambas em fases iniciais e para times de menor expressão. Foi o impacto necessário para que a diretoria tomasse a decisão de trazer um técnico preparado e com visão de vencedor para gerenciar o time.

A diretoria então volta a contatar Sampaoli, que teve sondagens de diversos clubes, incluindo Palmeiras e equipes estrangeiras, mas que viu estas esfriarem provavelmente pelo mesmo motivo citado anteriormente. Nesse momento o argentino aguardava uma oportunidade para trabalhar e esta veio do Galo, que trouxe uma nova proposta, que agradou e sacramentou o acerto entre as partes.

Acervo Pessoal: Sette Câmara

Segundo informações do Globoesporte.com, o contrato oferecido ao técnico argentino teria pontos chave para que fosse aceito. Primeiro a promessa de reforços para o elenco, que visivelmente precisa de peças se quer fazer frente as grandes equipes brasileiras. Tais peças serão indicadas por ele e uma comissão técnica de confiança que será integrada ao Atlético, substituindo cargos antes ocupados por Marques (Gerente de Futebol) e Rui Costa (Diretor de Futebol. O segundo ponto é uma cláusula financeira que dificulta a demissão precoce do treinador, para que se evite uma rotina negativa no clube. Somente em 2019 passaram pelo comando atleticano Levir Culpi, Rodrigo Santana e Vagner Mancini. A ideia agora é mudar esse rótulo de time derrubador de técnicos para investir no desejável projeto a longo prazo.

Fora das Copas Sul Americana e do Brasil restará a Sampaoli comandar o Galo no restante do estadual e principalmente no Campeonato Brasileiro, onde a competição será complicada pela presença de clubes de altíssimo investimento como é o caso do Flamengo, atual favorito ao título. O calendário poderá ser o aliado do Atlético, que com menos compromissos terá sempre mais tempo para trabalhar e se estiver com o preparo físico em dia, também será benéfico pelo menor desgaste dos jogadores. O fato é que Sampaoli sabe disso e quer repetir no Atlético o que fez no Santos na temporada passada e, se possível, levar o clube mais além conseguindo o título brasileiro. O torcedor nesse momento se vê cheio de esperanças, mas só o tempo dirá se toda essa esperança vai se concretizar em vitórias e quem sabe o título.

Sampaoli no Santos
Sampaoli no Santos Foto: Ivan Storti/Santos FC

Espora 13 é o portal de todas modalidades do Galo e fazemos isso para você torcedor atleticano.
Siga o Espora 13 nas redes sociais.
Inscreva-se no nosso canal do youtube, TV Espora 13.
Muito obrigado! Tamo junto sempre!

Esporada neles Galo!

Avatar

Flávio Fernandes

Aqui é Galo! Instagram: @flavio13antonio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *