Por pouco Kratos não foi o protagonista do novo God of War, afirma o diretor

 

Salve, salve Massa! Sou o Leonardo Rezende e estou aqui para comentar um assunto que bombou nas redes sociais nos últimos dias. Apesar de Kratos e God of War serem inseparáveis, o “deus da guerra” quase ficou fora do novo game da franquia, sendo lançado e tendo faturado diversos prêmios de melhor jogo do ano de 2018. Cory Barlog, diretor do jogo, disse em uma entrevista que inicialmente alguns membros da equipe de desenvolvimento não queriam a presença de Kratos no jogo.

“No começo das discussões, as pessoas estavam dizendo que precisavamos nos livrar do Kratos. Era algo como: ‘ele já está acabado, ele é irritante.’ A equipe realmente não gostava mais do personagem, as pessoas queriam um novo personagem. Foi preciso muito convencimento para fazê-los pensar que era uma boa ideia.” – Cory Barlog

Segundo Cory, o lado anti-herói do protagonista vinha incomodando as pessoas, porque era algo novo no passado, mas que se tornou comum e desinteressante hoje em dia. Outro argumento usado pelos revolucionários que pediam um novo protagonista era de que a mitologia acerca da franquia deveria ser o principal, e não Kratos. Porém acabou que o Fantasma de Esparta se manteve como protagonista e mais uma vez brilhou em um dos melhores jogos de 2018.

Por hoje é só pessoal, muito obrigado e até mais. Esporada neles Galo!!!

Um comentário em “Por pouco Kratos não foi o protagonista do novo God of War, afirma o diretor

  • Avatar
    4 de julho de 2019 em 20:31
    Permalink

    Muito top essas colunas !!!Parabéns Leo Rezende pela clareza q vc nos explica tudo sobre games.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *