Com grande posse de bola e um futebol pífio, Galo empata com Bahia e pulveriza de vez as chances de ser campeão

Jogando em casa no Mineirão neste sábado, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG ficou no empate por 1 a 1 contra o Bahia e praticamente deu adeus à chance de quebrar o tabu de 50 anos sem o título nacional. O Atlético abriu o placar aos 20 minutos de jogo com Eduardo Sasha, após um cruzamento preciso de Guilherme Arana. Mas até marcar seu gol, o Galo sofreu chances perigosas dos visitantes, se aproveitando de uma displicência e nervosismo muito grandes por parte dos Alvinegros. Rossi, aos 20 segundos, já havia acertado a trave mineira. O Atlético conseguiu controlar o jogo e manter a bola no campo de ataque até os minutos finais da primeira etapa, mas voltou a se desconcentrar e cometeu muitos erros graves de passe e posicionamento, fazendo com que o Bahia empilhasse chances perdidas no fim do jogo.

O segundo tempo começou, Sampaoli fechou o meio ao trocar Nathan por Franco, mas mesmoesmo fechado atrás e com três volantes, o Bahia continuou a levar perigo, e aos 2 minutos do segundo tempo, Rossi balançou as redes e empatou o jogo. Para a surpresa de zero pessoas, um erro do Galo no campo de ataque gerou um contra-ataque mortal. Já no desespero, os Alvinegros tentaram vir com tudo para o ataque, mas viram o Bahia acertar a trave mais uma vez, em chute de fora da área. Os mandantes só conseguiram levar perigo mesmo já nos minutos finais, quando perderam duas grandes chances dentro da área.

Espora 13 - Atlético - Galo - Atlético-MG -
Foto: Pedro Souza / Atlético

Com o resultado, o Galo vai aos 62 pontos e fica quatro atrás do líder Internacional e três atrás do Flamengo, seguindo na terceira posição. Fla e Inter, porém, ainda jogam neste domingo contra Corinthians e Vasco, respectivamente, e podem deixar o Galo sem chances matemáticas de título. Mesmo se ambos perderem no domingo, ainda se enfrentam na rodada seguinte em um confronto direto. O Galo chegou a liderar o campeonato no início e até a reta final tinha chances de títulos, mas os últimos três jogos sem vitória (derrota para o Goiás e empates contra Flu e Bahia) enterraram de vez a chance da equipe de Jorge Sampaoli. Agora é se preocupar em garantir a vaga direta para a Libertadores, e buscar atitudes para com a comissão técnica e jogadores, que decepcionam nesta reta final.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO 1 x 1 BAHIA
Data/Hora: 13/02/2021, às 19h
​Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Daniel Paulo Ziolli SP
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Cartão amarelo: Sávio (CAM)

Gols: Eduardo Sasha, aos 19’-1ºT, Rossi, a 1’-2ºT

ATLÉTICO: Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair, Nathan (Alan Franco-intervalo) e Hyoran(Vargas, aos 29’-2ºT); Savarino, Marrony(Sávio, aos 36’-2ºT) e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli .

BAHIA: Matheus Claus; Nino Paraíba, Ernando (Juninho, aos 38’-2ºT), Lucas Fonseca e Matheus Bahia; Gregore, Ronaldo, Patrick de Lucca (Elton, aos 22’-2ºT) Rodriguinho; Rossi (Luiz Felipe, aos 29’-2ºT(Juninho Capixaba, aos 38’-2ºT)), Gabriel Novaes (Marcelo Ryan, aos 38’-2ºT). Técnico: Dado Cavalcanti

Para mais informações do Atlético, siga o Espora 13 nas redes sociais:

Esporada neles Galooooooooooooo!!!

One thought on “Com grande posse de bola e um futebol pífio, Galo empata com Bahia e pulveriza de vez as chances de ser campeão

  • Avatar
    18 de abril de 2021 em 22:51
    Permalink

    Muito bom este site, estão de parabéns.
    Desejo sucesso!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *