Cazares, solução ou problema?

Após o término do Campeonato Mineiro e a virtual eliminação na Copa Libertadores, Juan Cazares, segue como tema constante nos bastidores do alvinegro, mas, ao contrário do que se esperava, as notícias sobre o meia atacante, estão longe de ser sobre seus feitos dentro de campo. Após um começo de temporada animador, com frequentes atuações acima da média, rei em assistências e grande articulador de jogadas; o equatoriano se tornou peça fundamental no esquema do ex-técnico Levir Culpi e se firmou como o camisa 10 que todos esperavam, porém, como uma marca constante em todas as temporadas do habilidoso equatoriano no clube, o rendimento caiu e novamente o jogador se torna questionável dentro do elenco.

Com desempenho abaixo da crítica nos últimos jogos, assim como várias peças do time considerado titular, Cazares sofreu críticas e viu sua imagem piorar após notícias de um possível atraso na apresentação do elenco para a finalíssima do Mineiro, apesar da informação não ser confirmada oficialmente junto a direção do clube, circula nos bastidores a insatisfação da diretoria com mais um ato de indisciplina do meia. Há ainda outro fato que pesa contra Cazares e sua imagem dentro do clube, o atleta se queixou de dores e deixou o gramado do Mineirão nos primeiros minutos da decisão do mineiro, posteriormente, os exames realizados não detectaram nenhuma lesão no atleta, que não voltou a campo no segundo confronto da decisão, e este conjunto de situações podem culminar com sua saída do elenco alvinegro nos próximos meses.

Foto: Atlético/Bruno Cantini/Pedro Souza

O meia segue em tratamento, e não se tem previsão de sua volta aos gramados, apesar de importante na temporada (04 gols e 05 assistências), se tem conhecimento de que a diretoria estuda meios para negociar o atleta, um empréstimo ou uma troca podem ser uma solução, apesar que, a cúpula alvinegra entende que a venda do meia ainda pode gerar uma boa quantia aos cofres do clube.

Nas próximas semanas, com a chegada do novo treinador e suas ideias, poderemos ter respostas sobre o futuro do meia atacante com a camisa do Galo. Que ele continua sendo um jogador acima da média e dono de um grande futebol, todos sabemos, agora resta ao jogador justificar sua permanência no clube com um futebol mais constante e um extracampo melhor, como se espera de um atleta de alto nível.

O Galo precisa muito de seu talento, porém, já passou da hora do meia atacante ser lembrado apenas por suas grandes atuações em campo e não fora dele.

Um grande abraço a Massa Atleticana!!! Nos encontramos aqui na nossa próxima coluna de noticias.

Espora neles!

Aki é Galo, Sempre!!!

Avatar

Jeferson Alves

Apaixonado pelo Clube Atlético Mineiro. Twitter : @jefinhoalves_90 Instagram: @jefinhoalves90 Espora neles! "Aqui é Galo, Sempre!"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *