Em grande fase, Alerrandro se firma no Galo!

Foto: Atlético/Bruno Cantini/Pedro Souza.

 

Alerrandro vive grande momento com a camisa do Galo, o atacante de apenas 19 anos, é o vice artilheiro do time na temporada e com os gols marcados na última terça feira (07) contra o Zamora-VEN, se tornou o mais jovem atleta a marcar pelo clube na Copa Libertadores, feito histórico que confirma a boa fase do atacante formado na base alvinegra.

A estreia de Alerrandro pelo time profissional ocorreu ainda na temporada passada, em partida válida pelo Campeonato Mineiro, o atleta estreou coberto de expectativas, pela fama de artilheiro que havia carregado nas categorias de base do clube, porém após as primeiras oportunidades, surgiram impasses entre seu empresário e o clube nas negociações de extensões de contrato, uma pequena “novela” se formou, com isso, o atacante acabou afastado do elenco principal e perdendo espaço com o então técnico, Thiago Larghi. Fatos que contribuíram, para uma primeira temporada abaixo do esperado, foram apenas em 12 oportunidades de atuar, e nenhum gol marcado.

Mas é como dizem “Ano novo Vida Nova”, e a temporada de 2019, começou completamente positiva para o jovem atacante. Alerrandro evolui, agarrou as chances de jogar e pouco a pouco foi se firmando, e com um jeito bem “mineirinho” se tornou forte candidato a vestir a camisa 9 do Clube Atlético Mineiro.

O Galo optou por, quase sempre, atuar com o time “b” durante a primeira fase do Campeonato Mineiro, e Alerrandro foi o grande nome na campanha do clube. Atuando como homem de referência, o jovem centro avante não demorou para mostrar seu potencial, com ótimo posicionamento e boa presença de área, foi arma importante para o ataque alvinegro, sendo premiado com incontestáveis 08 gols em 09 jogos, números que o colocaram como destaque no campeonato, fazendo assim da jovem revelação alvinegra uma “boa sombra” a o experiente Ricardo Oliveira, grande artilheiro do time.

Alerrandro foi destaque no Campeonato Mineiro. Foto: Atlético/Bruno Cantini/Pedro Souza.

Mesmo com todo o destaque recebido, após o fim da primeira fase do estadual, não foram muitas as oportunidades recebidas pelo jovem artilheiro, o titular Ricardo Oliveira conta com um ótimo preparo físico e raramente é poupado entre os jogos, coube ao garoto aguardar, sendo ele a primeira opção para as possíveis ausências do dono da camisa 9.

A precoce eliminação na Libertadores e o ritmo alto de jogos em um curto espaço de tempo, forçaram o técnico Rodrigo Santana a escalar um time mesclado na última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, com o titular finalmente poupado, coube a Alerrandro ser o centro avante do time na partida, e ele não decepcionou, com boa movimentação em campo e o faro apurado de goleador, foram dele os dois gols da vitória alvinegra na Venezuela, chegando assim a marca impressionante de 10 gols em 12 jogos na temporada.

Quem acompanha o futebol de perto, percebe a carência de jogadores capazes de atuar bem na posição de centro avante, e quando se encontra um atleta com grande potencial é preciso ter cuidado e principalmente paciência em sua formação. O jovem Alerrandro provou seu valor em campo, e mostrou que pode ser uma solução caseira para a camisa 9 do Galo, seja como titular ou durante as ausências do artilheiro Ricardo Oliveira.

É preciso valorizar atletas da base, assim como Alerrrandro. Foto: Atlético/Bruno Cantini/Pedro Souza.

 

De certo é que o Galo conta hoje com um grande centro avante e um atleta que pode render muito ainda ao clube, tanto em campo com gols como nos cofres com uma venda futura. Vamos valorizar nossos atletas e apoiar nossa base.

 

Um grande abraço a Massa Atleticana!!! Nos encontramos aqui na nossa próxima coluna de notícias.

Espora neles!

Aki é Galo, Sempre!

Avatar

Jeferson Alves

Apaixonado pelo Clube Atlético Mineiro. Twitter : @jefinhoalves_90 Instagram: @jefinhoalves90 Espora neles! "Aqui é Galo, Sempre!"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *