Chegada de Wilson, deixa acirrada a disputa no gol alvinegro

Wilson chegou e já será titular no Alvinegro. Foto: Atlético/Bruno Cantini/Pedro Souza.

 

Experiente goleiro Wilson, 35 anos, desembarcou em Belo Horizonte, no início desta semana, para vestir as cores do Galo. Ele já deve fazer sua estreia contra o Botafogo no Rio de Janeiro, na próxima rodada pelo Brasileirão 2019. O alvinegro precisou ir ao mercado de forma emergencial para a posição, pois deve ficar sem opções para os próximos jogos. Sem Victor (ainda se recuperando de lesão) e com Cleiton (convocado) Wilson chegou e irá assumir a condição de titular do clube alvinegro.

O recém-chegado goleiro é ídolo no Coritiba e tem mais de 200 jogos pelo clube paranaense, mesmo que atualmente estivesse na reserva. Ele acabou perdendo espaço no time titular, após a lesão na coxa, a qual o afastou dos gramados durante alguns jogos no primeiro semestre. Wilson, revelado pelo Flamengo e com passagens por Figueirense, Olaria, Vitória e Coritiba, chegou ao Galo com ambição, querendo agregar valores ao clube, pois enxerga no alvinegro a possibilidade de atuar na série A novamente; e, para provar que poderá ser útil e uma referência aos jovens goleiros do clube, terá de demonstrar a que veio. Sem muito tempo de clube, terá a missão de fechar o gol alvinegro e ajudar o clube a somar pontos no Brasileirão 2019.

 

A disputa pela camisa 1

 

A disputa promete: com Victor e Cleiton brigando pela posição de titular, Wilson chega para ser sombra para os dois; e, em breve, com todos disponíveis, Rodrigo Santana deve ter uma boa dor de cabeça para montar o time titular.

Ídolo alvinegro, Victor ainda está se recuperando de lesão. O goleiro, que não joga a mais de um mês, não vinha em um bom momento com a camisa atleticana. Com algumas falhas decisivas e atuações abaixo do esperado, o goleiro vivia um período de críticas antes de se lesionar. O momento é de transição do DM para o campo, e, para o experiente atleta, pode ser um recomeço na temporada. Ídolo que é, tem tudo para voltar a assumir a posição, mostrando que ainda é um dos melhores goleiros do País.

 

Victor ainda se recupera de lesão. Ídolo Alvinegro não tem titularidade garantida em sua volta. Foto: Atlético/Bruno Cantini/Pedro Souza.

 

O jovem Cleiton, de apenas 21 anos, vem sendo o dono do gol no clube alvinegro. O jovem arqueiro não estará disponível para o clube nos próximos dias, por um bom motivo, pois foi convocado para a Seleção Olímpica, de André Jardine, para os jogos contra Colômbia e Chile, ambos em São Paulo. A convocação veio como prêmio ao atleta, que assumiu o gol alvinegro durante a lesão de Victor, e correspondeu bem. Com atuações seguras e boas defesas, o goleiro se mostrou pronto para tal responsabilidade e gerará bons frutos para o clube alvinegro. Já titular na seleção de base, o clube enxerga no jovem arqueiro uma joia, e, se prosseguir com esse rendimento, será difícil colocar o garoto na reserva. Por merecimento e estabilidade, o jovem é o atual titular.

 

Com moral e convocação, Cleiton é o favorito a continuar como titular no alvinegro. Foto: Atlético/Bruno Cantini/Pedro Souza.

 

 

Boa sorte, Rodrigo Santana! Quem ganha com essa disputa é o Galo!!!

 

Vamos, Galo!!!

Um grande abraço à massa atleticana, nos encontramos aqui na nossa próxima coluna de notícias.

Esporada neles, Galo!!!

Aqui é Galo, sempre!!!

Avatar

Jeferson Alves

Apaixonado pelo Clube Atlético Mineiro. Twitter : @jefinhoalves_90 Instagram: @jefinhoalves90 Espora neles! "Aqui é Galo, Sempre!"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *